Collor anuncia que vai concorrer à Presidência em 2018

O ex-presidente e atual senador por Alagoas, Fernando Collor de Mello (PTC), anunciou, nesta sexta-feira (19), que é pré-candidato à Presidência da República em 2018. O anúncio foi feito em entrevista à rádio 96 FM, de Arapiraca (130 km de Maceió).

“Tenho uma vantagem em relação a alguns candidatos porque já presidi o país. Meu partido todos conhecem, sabem o modo como eu penso e ajo para atingir os objetivos que a população deseja para a melhoria de sua qualidade de vida”, disse.

O comunicado da candidatura, porém, foi feito instantes antes, no final da manhã desta sexta, durante a instalação do diretório regional do PTC na cidade de Arapiraca. Ele anunciou ao pequeno grupo que o ouvia que tomou a decisão. “Eu digo a vocês que esse é momento dos mais especiais da minha vida pessoal e como homem público. Porque hoje a minha decisão foi tomada: sou, sim, pré-candidato à Presidência. Obrigado e vamos à vitória”, disse, em breve discurso.

Collor já foi presidente do país entre 1990 e 1992, quando se tornou o primeiro chefe da República a sofrer impeachment. Em seu lugar assumiu o seu vice, Itamar Franco.

Collor se filiou ao PTC em abril de 2016. O partido é uma nova versão do PRN. “Pesou na decisão a identidade programática e a relação histórica com dirigentes nacionais da legenda, como o presidente Daniel Tourinho. O partido, com o número 36, sucedeu o antigo PRN, sigla pela qual Collor elegeu-se presidente da República, em 1989”, disse o senador, em nota à época.

Em entrevista ao UOL em 2016, Collor falou sobre o seu processo impeachment e disse que só caiu da Presidência porque teve uma relação ruim com os parlamentares. “Um dos equívocos que cometi como presidente da República – potencializado pela caduquice, o anacronismo do sistema presidencialista a industrializar crises – foi o de ter tido com o Congresso Nacional uma relação inadequada“, disse.

Uma das plataformas mais defendidas por Collor desde que foi eleito ao Senado, em 2006, é a adoção do parlamentarismo no país. “Eu cultivo a crença de que esse cenário político, sombrio e desacreditado, mudaria radicalmente com a adoção do parlamentarismo, que é uma forma eficiente e moderna de resgatarmos o relacionamento político para uma governança mais ágil, eficaz e dinâmica”, afirmou na mesma entrevista em 2016.

Em 2007, quando chegou ao Senado, Collor fez um pronunciamento histórico, que durou três horas, onde chorou e falou sobre os “abusos” cometidos pela CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investigou o esquema PC Farias.

Collor foi processado no STF (Supremo Tribunal Federal), mas acabou inocentado de todas as ações. A última delas, em abril de 2014 . Em novo discurso no Senado, questionou: “quem me devolverá o que me foi tomado?”

Réu na Lava Jato

No entanto, em agosto do ano passado, a 2ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu abrir ação penal contra o senador, que se tornou réu em investigação aberta a partir da Operação Lava Jato.

O STF tornou Collor réu pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertencimento a organização criminosa. A PGR (Procuradoria-Geral da República) ainda havia denunciado o senador por outros dois crimes – obstrução da justiça e peculato -, mas estes não foram aceitos pelo STF.

Também se tornaram réus ao lado de Collor Luis Pereira Duarte de Amorim, administrador de empresas ligadas ao senador, e Pedro Paulo Bergamaschi de Leoni Ramos, apontado como operador do senador pela Procuradoria.

Carros de Collor são apreendidos pela Lava Jato

Entenda a denúncia contra Collor

A Procuradoria acusa Collor de ter utilizado influência do PTB sobre a BR Distribuidora para negociar R$ 29 milhões em propina oriunda de um contrato de troca de bandeira de postos de combustíveis, bem como em função de contratos de bases de distribuição de combustíveis.

Collor deixou o PTB em março do ano passado e migrou para o PTC, antigo PRN, partido pelo qual se elegeu presidente em 1989.

A denúncia descreve ainda o pagamento de propina por empresas representadas por Fernando Soares, o Fernando Baiano. O senador é acusado de receber R$ 1 milhão a partir de contratos de gestão de pagamentos e programa de milhagens.

A Procuradoria também acusa Collor de ter comprado carros de luxo, uma casa em Campos do Jordão, obras de arte e antiguidades como forma de lavar o dinheiro fruto do esquema de propina.

Os carros de luxo, apesar de serem de uso pessoal, eram registrados em nome de empresas ligadas ao senador. Collor adquiriu uma Lamborghini (por R$ 3,2 milhões), uma Ferrari (R$ 1,45 milhão), um Bentley (R$ 975 mil), uma LandRover (R$ 570 mil), um Rolls Royce (R$ 1,35 milhão) e uma lancha (R$ 900 mil).

Collor também foi denunciado por tentativa de obstrução à Justiça, por ter, segundo a Procuradoria, chegado a pedir o estorno de depósitos em dinheiro feitos em contas ligadas ao parlamentar, depois que comprovantes desses pagamentos foram encontrados em buscas em uma empresa do doleiro e delator Alberto Youssef. A denúncia por obstrução de Justiça foi rejeitada pelo STF.

O que diz o senador

Apesar de ter virado réu por três crimes, o senador destacou, em nota, o fato de a Corte não ter aceitado a denúncia integral oferecida pela PGR.

“O Supremo Tribunal Federal impôs, no julgamento de hoje, uma primeira derrota à Procuradoria-Geral da República, pois, dos nove denunciados, somente a recebeu em relação a três deles, ainda assim em parte, afastando cinco de oito crimes imputados, tendo os Ministros da Corte, em discurso unânime, repudiado os excessos da acusação”, diz o texto.

“O senador acredita que, como no passado, terá oportunidade de comprovar sua inocência na fase seguinte do processo, colhendo, mais uma vez, o reconhecimento de sua inocência”, encerra a nota.

UOL ELEÇÕES 2018

Anúncios

Nota do Enem 2017 é divulgada

Resultado dos treineiros e “espelhos” da redação serão divulgados em 19 de março.


Por G1

Notas do Enem 2017 foram divulgadas pouco antes das 12h. (Foto: Reprodução) Notas do Enem 2017 foram divulgadas pouco antes das 12h. (Foto: Reprodução)

Notas do Enem 2017 foram divulgadas pouco antes das 12h. (Foto: Reprodução)

As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 foram divulgadas nesta quinta-feira (18). O resultado deve ser consultado individualmente: para isso, os candidatos devem acessar a Página do Participante (https://enem.inep.gov.br/participante/) e incluir CPF e a senha cadastrada.

O resultado dos treineiros só será divulgado em 19 de março. Na mesma data, o Ministério da Educação também vai disponibilizar os chamados “espelhos da redação”, que são a cópia digitalizada dos textos e as justificativas para as notas.

Nesta quinta, o Ministério da Educação (MEC) divulgou o balanço sobre o desempenho dos candidatos na edição de 2017 do exame. Apenas 53 alunos tiraram nota mil na redação, porém a nota média subiu de 541,9 para 558. Neste ano, os candidatos escreveram sobre o tema “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil“.

Usos do Enem: Sisu e programas

Com a nota do Enem 2017, os estudantes podem concorrer a uma vaga em uma universidade pública que tenha aderido ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2018. As vagas já podem ser consultadas. Serão 130 instituições no Brasil – 30 estaduais e 100 federais -, que ofertarão 239.601 vagas na graduação.

Nesta quinta-feira (18), o ministro Mendonça Filho afirmou que o período de inscrição do Sisu vai ser antecipado para os dia 23 a 26 de janeiro. As inscrições serão feitas no site do programa (http://sisu.mec.gov.br).

Para participar, é necessário ter tirado nota acima de zero na redação do Enem 2017. Como nos anos anteriores, cada candidato poderá se inscrever em até duas vagas, especificando a ordem de preferência e o turno no qual pretende estudar. Também é necessário definir qual a modalidade no qual o aluno se encaixa – ampla concorrência ou alguma relativa às ações afirmativas (com critérios raciais ou sociais).

Mesmo que o candidato faça sua inscrição no primeiro dia, ele poderá alterar suas opções até as o prazo final. O sistema mostra, a cada dia, uma nota de corte parcial, baseada nas notas das pessoas que já se inscreveram até o momento naquele curso.

Enem 2018: inscrições e datas das provas

O Enem 2018 será aplicado em 4 e 11 de novembro.

O edital será publicado em 21 de março e as inscrições serão realizadas de 7 a 18 de maio.

G1

Polícia realiza “Operação Cangaço” no Sertão de Pernambuco

Organização criminosa é alvo da Operação Cangaço, deflagrada pela Polícia Civil nesta quarta-feira (20). A operação, que tem como objetivo desarticular organização criminosa voltada para a prática de homicídios e tráfico de drogas, já deu cumprimento a oito mandados de prisão preventiva e três mandados de busca e apreensão em domicílio. Foram empregados 60 policiais civis para a operação.

A operação: Quatro desses já estão recolhidos no sistema prisional das cidades de Petrolina, Salgueiro e Serra Talhada, no interior de Pernambuco, onde praticavam homicídios e tráfico de entorpecentes. São eles Jefferson Vianeis Silva Santos, conhecido por “Nego Drama”, Renato Pereira da Silva, conhecido por “Budogue”, Junior Limeira da Silva, conhecido por “Pirata” e Antonio Limeira da Silva. Além deles, Tagliana Maria dos Santos, Egdasio Nascimento de Barros e Maria de Fátima Frasão dos Santos foram presos na cidade de Serra Talhada.

 

Apreensões: Em nota, a Polícia Civil informou que, no decorrer da operação, foram apreendidos armas e grandes quantidades de drogas.

 

Os presos e os itens apreendidos foram encaminhados para a Delegacia Seccional de Arcoverde. Em seguida, os envolvidos foram transferidos para o Presídio Advogado Brito Alves e a Colônia Penal Feminina de Buíque, interior de Pernambuco. (Via: JC Online)

Blog: O Povo com a Notícia

Amigos lamentam morte de DJ durante queda de estrutura em rave de Esteio: ‘Amado por todos’

O temporal que atingiu a Região Metropolitana de Porto Alegre na tarde de domingo (17) provocou o desabamento de um dos palcos do Atmosphere Festival, uma festa de música eletrônica realizada no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. A queda da estrutura metálica causou a morte do DJ Kaleb Freitas, de 30 anos.

Kaleb era bastante conhecido entre os fãs de música eletrônica. Ele costumava tocar sempre na Atmosphere, considerada uma das maiores festas do gênero no estado.

Nas redes sociais, amigos, familiares e conhecidos fizeram homenagens e se despediram do artista.

“Ele era muito querido pela galera. Um guri do bem mesmo, uma pessoa amada por todos”, diz ao G1 a técnica em meio ambiente Jéssika Pilla, de 30 anos. Ela era vizinha e amiga de infância de Kaleb.

G1 GLOBO.COM

AGORA É LEI! Família de aluno que agredir professor será responsabilizada.

https://miguelzinhodebras.files.wordpress.com/2017/12/04be2-agora2b25c325892blei25212bfam25c325adlia2bde2baluno2bque2bagredir2bprofessor2bser25c325a12bresponsabilizada.png?w=660
O governador Pedro Taques sancionou a Lei 10.473, de autoria do deputado Sebastião Rezende (PSC), que institui a “Política de Prevenção à Violência contra Profissionais da Educação da Rede de Ensino do Estado de Mato Grosso”.
Conforme a Lei, ficam instituídas normas para promover a segurança e proteção dos profissionais da educação em Mato Grosso, no exercício de suas atividades laborais, englobando os docentes, os que oferecem suporte pedagógico direto no exercício da docência, os dirigentes ou administradores das instituições de ensino, os inspetores de alunos, supervisores, orientadores educacionais e coordenadores pedagógicos.
A proposta do parlamentar é que as instituições de ensino de Mato Grosso estimulem docentes e alunos, famílias e comunidade para a promoção de atividades de reflexão e análise da violência contra os profissionais do ensino; adotem medidas preventivas e corretivas para situações em que profissionais do ensino, em decorrência de suas funções, sejam vítimas de violência ou corram riscos quanto à sua integridade física ou moral; estabelecer, em parceria com a comunidade escolar, normas de segurança e proteção de seus educadores como parte integrante de sua proposta pedagógica; incentivar os alunos a participarem das decisões disciplinares da instituição sobre segurança e proteção dos profissionais do ensino; e demonstrar à comunidade que o respeito aos educadores é indispensável ao pleno desenvolvimento da pessoa dos educandos.
A lei prevê determina que as medidas de segurança, de proteção e prevenção de atos de violência e constrangimento aos educadores incluam campanhas educativas na comunidade escolar e na comunidade geral; afastamento temporário do infrator conforme a gravidade do ato praticado; e transferência do infrator para outra escola a juízo das autoridades educacionais.
Caso comprovado o ato de violência contra o profissional do ensino , tendo dano material, físico ou moral, responderão solidariamente a família do ofensor, se menor, o ofensor e a instituição de ensino. O profissional de ensino ofendido ou em risco de ofensa poderá procurar a direção da instituição de ensino e postular providências corretivas.
Fonte: Educarte

Bandidos explodem Agência dos Correios em Flores, no Sertão do Pajeú

Flores, no Sertão do Pajeú, foi vítima na madrugada deste domingo (03), de mais uma ação do crime organizado, especializado em assalto e estouramento contra agências bancárias de Pernambuco. Segundo relato de moradores, que moram no entorno da agência, pelo menos 4 homens praticaram o crime.

O modelo de operação foi o mesmo usado na última investida, contra a agência do Banco do Brasil, de acordo com o blogueiro Júnior Campos, onde homens armados com fuzis disparam tiros ao alto intimidando qualquer ação da Polícia Militar e amedrontando a população.

A gerente da agência, que prefere reserva, revelou que, através de ofício já teria solicitado ao 14ºBPM, apoio policial.

“Mandei ofício para o batalhão, aqui de Serra Talhada, avisando que estávamos correndo sérios riscos, já que serviços como depósitos e saques eram realizados aqui. Mas infelizmente o apoio não veio”, lamentou.

A unidade de postagem federal socorria a população, na prestação de serviços bancários. A quantia levada, ainda não foi revelada e até o momento, apenas 3 policiais da Polícia Militar que trabalham na cidade haviam chegado ao local.

Blog: O Povo com a Notícia

Estudante é autuado por exercício ilegal da odontologia em Serra Talhada, no Sertão

O Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco – CRO-PE e a polícia Civil fizeram na manhã deste último sábado (18), um flagrante de atendimento ilegal na cidade de Serra Talhada, no Sertão do Pajeú.

O fato aconteceu na Clínica Popular, Odonto Vitória, no centro da cidade. A fiscalização flagrou o momento em que o estudante de Odontologia, Edevaldo dos Santos, que cursa em Juazeiro do Norte-CE, foi flagrado atendendo um paciente.

A Clínica de nome Odonto Vitória funciona na Capital do Xaxado há alguns anos. Já foi denunciada ao CRO-PE por estar colocando a saúde e a vida de pacientes em risco, visto que o estudante fazia procedimentos de complexidades variáveis sem o devido conhecimento. O estudante foi levado para Delegacia Regional de Serra Talhada e deverá responder pelo ato na justiça.

Segundo a polícia, havia um dentista na clínica no momento do flagrante, este responder por encobrimento ilegal, e pode pegar punição ética que vai desde advertência confidencial até a cassação do direito de exercer a Odontologia.

O Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco alerta a população que para desconfiar de promoções, de propagandas apelativas, observar se na frente do Consultório ou Clínica existe o nome daquele profissional juntamente com o número do seu CRO-PE, que permite, numa busca no site do CRO-PE, saber se ele é inscrito e apto a prestar atendimento à população.

O CRO-PE tem a missão de supervisionar o exercício da Odontologia no Estado de Pernambuco, cabendo-lhe zelar e trabalhar pelo perfeito desempenho ético da profissão e também pelo prestígio e bom conceito dos que a exercem legalmente. (Via: Portal Nayn Neto)

Blog: O Povo com a Notícia